Power BI: 3 formas de construir Dashboards?

O Power BI está cada vez mais presente dentro das organizações e é parte do dia a dia das pessoas. Seja na operação ou na diretoria.

A quantidade de cursos e a facilidade oferecida pela Microsoft permite que seja muito simples gerar os primeiros relatórios e análises. Porém basta começar a usar o Power Bi para criar seus Dashboards que aparecem uma série de perguntas:

  • Estou utilizando o Power BI da forma correta ?
  • Como o Power BI deve ser utilizado e organizado dentro da empresa ?
  • O que é o Power BI Corporativo?
  • O que deve ser feito para que eu não tenha trabalho atualizando o Power BI?

Este post foi criado para responder estas perguntas, mostrar as 3 formas de uso Power BI e ajudar você a entender onde está e como profissionalizar ainda mais seu trabalho.

As 3 formas de utilizar o Power Bi para construir dashboards são:

  • Power Bi conectado à Planilhas
  • Criar aplicações conectadas diretamente à base de dados
  • Utilizar um repositório de dados

Caso queira aproveitar, faça download agora da versão mais atualizada do Power Bi gratuito

Power BI conectado em Planilhas

Este é o modelo mais comum de encontrar nas empresas. Pois a facilidade de instalação e o conteúdo disponível permite que qualquer pessoa dê os primeiros passos na ferramenta.

E isto é incrível, pois cada dia mais pessoas passam a utilizar informação para melhorar seu trabalho e seus resultados.

Apesar disto, com o passar do tempo as pessoas percebem que estão tendo muito trabalho e que estão jogando seu tempo atualizando planilhas que alimentam o Power BI. Desta forma, mesmo com um belo dashboard para análise, as pessoas continuam refém das planilhas e do trabalho manual.

Pontos positivos

  • Permite analisar informações e gerar idéias de um jeito que não seria possível utilizando apenas excel ou planilhas.
  • Simplificam a construção de cálculos.
  • Permite o uso de gráficos, filtros e demais recursos que dão maior visão para a empresa e os profissionais.
  • Gera maior destaque para os profissionais envolvidos.
  • Acaba com problemas de lentidão do computador e de grandes planilhas que o excel não é capaz de trabalhar

Pontos negativos

  • Não é uma solução da empresa. É uma solução da pessoa. Para que o dashboard exista, atualize e esteja correto, depende de trabalho da pessoa que o criou.
  • Criam “monstros”. escondidos. O belos dashboards não mostram a quantidade de planilhas e toda a complicação por trás dele.
  • Não gera automatização. Os únicos são de análise, podendo explorar a informação. Porém as pessoas envolvidas não ganham tempo nem reduzem suas atividades como é o real propósito de uma aplicação de BI.

Qual o próximo próximo passo ?

Se você faz parte deste grupo sua prioridade numero 1 é eliminar as planilhas e atualizações manuais. Afinal, seus dashboards devem depender de sistemas não de pessoas. Além disso, você precisa que os dados sejam trazidos automaticamente para o Power BI. Assim você terá mais condição de analisar a informação e mais tempo para outras atividades.

Dashboard conectado diretamente a um Banco de Dados

Este modelo é mais profissional que o anterior e oferece benefícios que vão muito além de gráficos e filtros. Além disso, você ganha MUITO TEMPO!

Dessa forma você se conecta ao banco de dados e programa no Power BI todos aqueles tratamentos que eram feitos em planilhas. Ou seja, o trabalho é realizado uma única vez e seus dashboards podem atualizar sem você precisar manipular a informação.

Pontos positivos

  • Atualizações automáticas e que não dependem de uma pessoa.
  • Agendamento das recargas de dados.
  • Elimina erros gerados pela manipulação de dados e planilhas.
  • É o fim daquelas planilhas que apenas uma pessoa conhece. Que a pessoa não pode faltar ou tirar férias.

Pontos negativos

  • Apesar do Power BI ter a capacidade de conectar tabelas e realizar o tratamento dos dados ele não é uma ferramenta feita para tratar grandes volumes de dados. Por isso, tabelas grandes e regras complexas geram enorme lentidão, problemas na atualização e vários erros.
  • As regras utilizadas em cada relatório são criadas por quem desenvolveu o relatório. Por isso, é muito comum que outras pessoas e outros departamentos tenham resultados diferentes para um mesmo indicador. Como resultado surgem discussões, desentendimentos e enormes perdas de tempo.

Qual o próximo próximo passo ?

Se você está nesta etapa a prioridade é SIMPLIFICAR!

Ter uma base de dados que já aplique as regras necessárias para chegar em um indicador. Assim o trabalho fica mais simples e o dashboard muito mais rápido. Assim você tem muito mais rapidez, muito mais confiança na informação.

O nome correto desta base unificada é Data Warehouse ou Data Lake. Neste artigo a gente explica melhor por que você precisa dele.

Power BI conectado a um Repositório de Dados

Este é um modelo verdadeiramente profissional. Ele gera automatização e simplifica o uso dos dados por parte das pessoas que querem gerar análises ter que perder tempo fazendo o tratamento dos dados. Ele torna muito fácil conectar informações diferentes e garante que os números estão corretos.

No Mundo de BI este repositório é chamado de Data Warehouse ou Data Lake. E toda empresa que realmente quer utilizar a informação como um ativo no dia a dia precisa de uma iniciativa para ter o seu Data Warehouse ou seu Data Lake.

Pontos positivos

  • Atualizações automáticas, sem depender de uma pessoa.
  • Regras de negócio incluídas na base de dados. Acaba com a necessidade de fórmulas muito complexas no Power BI.
  • Elimina erros gerados pela manipulação de dados e planilhas.
  • Maior qualidade de informação e garantia de dados corretos.
  • Elimina erros de comunicação e entendimento entre áreas diferentes

Pontos negativos

  • Exige uma base de dados intermediária entre as origens e os dashboards.
  • Mais trabalhoso para fazer correções e incluir novas informações. Primeiro deve ser feito na base intermediária. para então realizar os ajustes no Dashboard.
  • Exige o uso de outras ferramentas além do Power BI.

Neste case, mostramos um exemplo de um cliente da inQuesti em que foi implementado um repositório de dados e dashboards no Power Bi. Veja as ferramentas utilizadas e o resultado gerado para a empresa.

dashboard de vendas

Cases

Conheça nossos cases e como estamos apoiando nossos clientes a utilizar o Power Bi de forma profissional e organizada.

Por que você precisa de um data warehouse ?

O data warehouse existe com um único propósito UNIFICAR. E acredite, esta palavra fará toda a diferença na sua vida e na vida de muitas pessoas em sua empresa. Ela elimina a maior parte dos conflitos gerados pela divergência de informação e acaba com o tempo jogado fora ao preparar uma informação.

Read More »
Quadrante mágico do gartner 2021

Quadrante mágico do Gartner BI e Analytics 2021

Na última semana foi publicada a versão 2021 do estudo mais famoso do mundo sobre Dados, Business Intelligence e Analytics, o Quadrante mágico do Gartner. Ele dá uma visão ampla sobre o mercado, sobre as tendências e sobre a evolução das tecnologias. É leitura obrigatória para todo gestor e líder de tecnologia e BI.

Read More »
Open chat
Fale com a gente pelo Whatsapp!