março 2023

Do manual à automatização: como uma empresa de recipientes melhorou sua gestão de dados de ponta a ponta.

Do manual à automatização: como uma empresa de recipientes melhorou sua gestão de dados de ponta a ponta Parceria inQuesti A jornada da empresa de recipientes em conjunto com a inQuesti começou em meados de 2016. Apesar de grande conhecimento e contato com dados, a organização possuía sua estrutura, dashboards e informações através do Qlikview.    Os investimentos e projetos recentemente iniciados pela empresa trataram de forma assertiva e eficiente os problemas do primeiro estágio de BI. Porém, ela enfrentava problemas com os desafios iniciais, concentrando a energia em garantia da qualidade dos dados e integração da informação para geração confiável dos principais indicadores da companhia.  Para isso, precisávamos garantir continuidade e padrão de qualidade no trabalho iniciado, estabilizando ambiente, infraestrutura e geração dos conjuntos de dados que alimentam os principais indicadores da empresa.   Realizando a conclusão no menor tempo possível para avançar para atividades de maior valor / inteligência para o negócio.  Sem este trabalho de base realizado e sem indicadores confiáveis, nenhum outro trabalho de inteligência iria gerar valor e apoiar no amadurecimento da companhia.  Ser uma empresa impulsionada por dados requer a incorporação de uma cultura em toda a organização, os dados têm que participar de todas as decisões. QUERO FALAR COM UM ESPECIALISTA ↓ Parceria com o time de TI e definição de objetivos Com base no diagnóstico personalizado realizado pelo time de especialistas da inQuesti, e em parceria com o time de TI, definimos os objetivos principais do projeto:  Estabilização do ambiente: Redução das falhas de atualização, instabilidade do ambiente e melhor disponibilidade dos dados    Reconstrução de indicadores: Simplificação e reconstrução dos principais indicadores da companhia.    Migração Cloud: Plano para redução das falhas de atualização.  Otimização de plataformas: Construção e Melhorias de produtos internos. Uma nova forma de organizar os dados O BI da empresa vivia um momento bastante delicado. As rotinas completas de atualização demoravam mais tempo do que desejado e frequentes chamados relacionados a erros de atualização e disponibilidade dos dados.   O BI tinha um excesso de tratamentos e regras que gerava enorme desperdício de tempo, dinheiro e criava discussões sobre qual era o número correto da empresa. Por isso, foi realizado um trabalho de simplificação e implementação de boas práticas, para que as extrações passassem a respeitar as camadas e a arquitetura do DW correto que foi implantado.   Todo o processo de carga de dados foi reestruturado para ser mais simples, eficiente e preparado para que em caso de falhas, os dados fiquem disponíveis de uma forma mais rápida. Também contaram com um diagnóstico e evoluções nos sistemas de origens, com reprocessamento diário de milhões de registros. E assim, nasceram novas tabelas e estrutura de dados com mais confiança e performance.  Os analistas da inQuesti implementaram novas lógicas de tratamento, garantindo dados mais simples, confiáveis, bem governado e com flexibilidade para se ajustar ao negócio.   Um processo em parceria entre o time de dados e tecnologia para resolver os problemas de negócio da empresa. Redução de falhas, instabilidade do ambiente e melhor disponibilidade dos dados Toda a estrutura do BI funcionava em servidores locais que hospedavam o banco de dados do DW, o servidor responsável pela captura e tratamento dos dados (ETL) e o servidor Qlik Sense.  Essa infraestrutura era compartilhada com outros sistemas e gerava uma série de problemas de lentidão e interrupção do BI que geravam uma grande quantidade de chamados relacionados as atualizações e disponibilidade das informações.    A inQuesti, juntamente com área de tecnologia, fez um estudo, focando em Assessment e Discovery, para mapear os problemas do ambiente atual e os ganhos que seriam gerados ao migrar para uma estrutura moderna.   A partir disso, os analistas da inQuesti começaram a migração, modernizando a arquitetura, eliminando concorrência com outros sistemas, aumentando a capacidade de processamento e melhorando consideravelmente performance e disponibilidade do BI.   A migração trouxe ainda a oportunidade de deixar o ambiente mais leve, com ganhos de performance, segurança e novos recursos.   Além disso também foram instalados aplicativos de monitoração dos servidores para facilitar a gestão dos recursos pelo time de tecnologia.  Uma equipe integrada é essencial nesse processo, mas a estruturação dela pode trazer desafios. A inQuesti pode te ajudar. QUERO FALAR COM UM ESPECIALISTA ↓ Atualizações de cadastro de uma forma automática e diária A organização possuía uma plataforma de treinamentos que disponibilizava trilhas de capacitação para força de vendas, porém, o volume de atualizações era alto e controlado de forma manual, com isso, parte dos dados ficavam desatualizados, prejudicando a análise da área de treinamentos.  A área de tecnologia junto com os analistas da inQuesti desenvolveram uma integração automatizada do DW com a plataforma de treinamentos para que as atualizações cadastrais passassem a acontecer de forma automática e diária.  Isso garante uma grande economia de tempo e que os dados corretos sejam replicados rapidamente, mantendo todos os cadastros sincronizados.   Além desta integração, a equipe desenvolveu um dashboard para fazer a gestão de todas as mudanças e atualizações. Uma parceria de sucesso, e os resultados podem provar: Somos transparentes e colaborativos em todas as situações. Só faz sentido se estivermos todos juntos — crescendo, aprendendo e vencendo. Por isso, trabalhamos para entregar o que nos comprometemos e também vamos além, em busca de novos desafios e superações futuras:  Redução significativa nos incidentes e falhas de carga; Menor custo para área de Tecnologia com trabalhos de sustentação;  Aumento da velocidade de reprocessamento dos dados;  Redução de conflitos, desperdícios e impactos gerados pela falta de informação de qualidade;  Transformação no nível de aderência e acesso ao BI. Áreas passaram a acessar novamente e utilizar a informação com alta frequência;  Amadurecimento da companhia com relação aos conceitos e regras de dados.  Maior estabilidade e simplificação da informação;  Aumento da disponibilidade e performance dos aplicativos de BI para as áreas da empresa;   Eliminação do trabalho manual gerando grande economia de tempo para as equipes; Atualizações diárias levando informações confiáveis; Chegou a hora de investir em dados com responsabilidade, e para isso, conte com quem tem expertise no assunto. QUERO FALAR COM UM ESPECIALISTA ↓ Sobre a inQuesti: A inQuesti é uma consultoria especializada

Do manual à automatização: como uma empresa de recipientes melhorou sua gestão de dados de ponta a ponta. Read More »

Os 4 Passos para a sua Empresa ter uma Cultura 100% Data-Driven

Os 4 passos para a sua empresa ter uma cultura 100% Data-Driven Se você é C–Level, Gestor de Negócios ou da área de TI, saiba o que você deveria fazer no dia a dia e hoje não pratica. Tópicos do Texto Uma breve história sobre o mercado de análise de dados Entendendo o cenário de dados Medindo o impacto da cultura de dados nas empresas Passo 1: Alinhe as métricas de liderança às prioridades da sua empresa Passo 2: Crie fontes de dados para contemplar pontos de decisão essenciais Passo 3: Agregando valor por meio de casos de uso específicos Passo 4: Promova a interação constante com dados​ Cases de sucesso de empresas data driven Ao contrário do que muitos pensam, o problema de análise de dados hoje não são os dashboards. Eles são, de certa forma, a parte fácil. O caminho até eles e garantir sua qualidade é que são elas.  É justamente essa crença básica que faz com que muitas empresas pensem que dados não são efetivos e continuem com problemas de divergências mesmo após a implementação.  A verdade é que é necessário um bom processamento de dados: Passo 1: coleta Passo 2: filtragem Passo 3: padronização Passo 4: organização Passo 5: armazenamento Tudo isso precisa ser feito de forma correta para que se chegue ao Passo 6: Dashboards e com isso, obtenha um resultado final eficiente e a qualidade que sua empresa precisa. O Passo 6 não é o único. Apesar do que se pensa e se faz por aí, a análise de dados não começa nos dashboards, eles são praticamente o final. É claro que os dashboards ainda precisam de uma leitura e intepretação, mas eles têm o poder de guiar o caminho e mostrar aquilo que estava escondido bem à vista.  E você pode pensar que o caminho se resume a automatizar planilhas de Excel, mas é bem mais do que isso.  Trazendo para a prática, criar dashboards é fácil (Alô, tutoriais online!), mas a análise de dados propriamente, é um processo que precisa estar intrínseco à empresa, caminhar junto com os demais processos.  É a qualidade das informações e a habilidade de interpretar os números que vai diminuir a falta de confiança e aumentar o aproveitamento para todas as áreas.  É tudo sobre qualidade de dados e a capacidade de interpretá-los! Uma breve história sobre o mercado de análise de dados Cliente: Precisamos muito de ajuda! A gente não aguenta mais! Nós precisamos melhorar o BI, precisamos automatizar relatórios. É planilha pra todo lado, precisamos de visualizações bonitas, queremos KPIs na televisão, as apresentações semanais geradas automaticamente. Precisamos de uma ferramenta nova, acho que a nossa não serve!  Nosso presidente já deixou claro que precisamos ser data driven! Precisamos de uma ferramenta self-service para dar independência e cada um gerar suas análises.  Consultoria: É triste, mas é o drama de toda empresa. De tudo isso aí, qual seu pior problema?  Cliente: O pior de tudo com certeza é o número errado.  Consultoria: E por que você acha que isso acontece?  Cliente: Isso a gente já sabe faz tempo. Tem muito dado que chega quadrado e com erro! Cada área faz seu tratamento manual.  Consultoria: Então ficou fácil! É só fazer o seguinte: A gente faz uma avaliação da qualidade da informação recebida, descobrimos se é algo pra corrigir no BI ou se você precisa ajustar seu processo. Depois disso, a gente organiza os conceitos, cada área pode até ter conceitos diferentes, só precisa ficar claro o que cada um usa. E por último, a gente trata estes dados e unifica a informação.  Cliente: Ah, não é bem isso que a gente tá imaginando. Avaliar é perda de tempo!  Consultoria: Mas a receita dá certo! Já fizemos em um departamento e na empresa inteira. Em negócios menores e em multinacionais. Pra um tipo ou pra bilhões de informações.  Cliente: Processos, conceitos… Isso não dá certo. Nossa empresa precisa de velocidade. NOSSO NEGÓCIO É DINÂMICO!  Consultoria: Entendo sua visão. Acredite, nós dois temos o comum interesse de resolver o problema e depois de mais de 10 no mercado, posso afirmar que a principal barreira na jornada de dados são pessoas que não estão dispostas a mudar sua forma de pensar, porque assim, infelizmente nós não podemos ajudar. É preciso entender que relatório ruim e sistema que ninguém confia é um sintoma, a doença é informação de má qualidade. Com isso, temos duas opções: não corrigir isso e estar sempre comprando um balde novo querendo resolver o vazamento. Ou trabalharmos juntos e trazemos sua empresa pro mundo dos dados.  Parece bobo e sem glamour, mas fugir da escolha certa, apostar na ferramenta da moda ou no menino que consegue dar um jeitinho tem feito muita empresa ficar refém de péssima informação.  Informação de má qualidade, dados mal estruturados, falta de crença na tecnologia = Decisões ruins É escolher o caminho errado e acreditar que vai chegar no destino. É preciso olhar pra isso com mais responsabilidade! Isso está acabando com muita empresa! Entendendo o cenário de dados Em 2017, mais de 50% do tempo dos funcionários de tecnologia era gasto lidando com questão vinda de má qualidade de dados.  Duplicidade, divergências, erros em dados gastam tempo, dinheiro e recursos de empresas.  Essa pesquisa foi realizada pelo MIT Sloan Management Review, e estima ainda que o custo de dados sem qualidade é de 15% a 25% da receita da maioria das empresas.  Isso ocorre porque é preciso atribuir pessoas para corrigir erros e encontrar confirmações em diversas fontes desconexas, ou em casos extremos, lidando com as consequências de ter tomado uma decisão importante com base em um dado incorreto.  O ponto importante que aplicamos ao universo de dados é que tudo é um processo, ou seja: Demandas, independentemente do tamanho, levarão tempo. Isso porque é toda uma jornada para que a análise possa ser feita com eficácia. Não há pronta entrega! Um exemplo prático:  Vamos supor que sua empresa conta com cerca de 1.000 funcionários, divididos em setores, onde cada setor atua baseado em diferentes horários.

Os 4 Passos para a sua Empresa ter uma Cultura 100% Data-Driven Read More »

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.